A FMJ recebe os novos judocas do MTC de braços abertos

Sonho Olímpico pode ser real

A Federação Mineira de Judô (FMJ) recebe os novos judocas do Minas Tênis Clube (MTC) de braços abertos
05/02/2021 - A Federação Mineira de Judô (FMJ) recebe os novos judocas do Minas Tênis Clube (MTC) de braços abertos e deseja que o sonho olímpico desses atletas possa ser realizado aqui, em Minas Gerais.

As boas-vindas são estendidas aos novos integrantes de outros clubes e agremiações de judô mineiro que, certamente, também buscam reforços para brilhar nos tatames.

A equipe de judô do MTC é considerada uma das mais fortes do Brasil e, para se manter nesse nível elevado de competição, apresentou novos atletas para continuar brigando por medalhas e subindo em pódios brasileiros e do mundo; mas, também, com foco no próximo ciclo olímpico.

Assim, o MTC inicia 2021 mirando os Jogos Olímpicos de 2024, que serão disputados em Paris, na França.

Para tanto, contará com os reforços promissores de Kayo Santos (100kg), 19 anos, e Gabriella Mantena (63kg), 20 anos, que, a partir de agora, fazem parte da equipe principal de judô do clube.

Gabriella Mantena

A Federação Mineira de Judô (FMJ) recebe os novos judocas do Minas Tênis Clube (MTC) de braços abertos
A judoca Mantena, como é conhecida, tem um currículo repleto de conquistas, apesar da pouca idade.

A paulista luta na classe meio-médio (63 kg) e, ainda na base, foi tetracampeã brasileira, bicampeã sul-americana, bicampeã da Copa Europeia e vice-campeã mundial.

Gabriella faz parte da equipe de transição da Seleção Brasileira e diz que encontrou no MTC tudo o que precisava para construir o próximo ciclo olímpico.

Minha expectativa é focar em Paris 2024. A estrutura aqui é excelente, desde os treinadores até os setores de fisioterapia e preparação física. Então, acho que vou ter tudo o que preciso para evoluir e fazer um bom ciclo”, comentou a judoca.

Kayo Santos

A Federação Mineira de Judô (FMJ) recebe os novos judocas do Minas Tênis Clube (MTC) de braços abertos
Quem também chega pensando grande é Kayo Santos.

Natural de Arcoverde, no interior do Pernambuco, o judoca da classe meio-pesado (100kg) é destaque desde as categorias de base e já coleciona títulos internacionais.

Campeão Pan-americano Sub-18 em Cali, na Colômbia, o pernambucano espera fazer parte da delegação brasileira que vai para os Jogos Olímpicos de Tóquio.

Este ano tenho como objetivo ir como apoio para a seleção e garantir vaga para algumas competições internacionais”, afirma Kayo, já pensando nas próximas edições das Olimpíadas. “Em 2024 eu quero estar entre os melhores e concorrer à vaga, mas acredito que meu melhor momento vai ser em 2028”, conclui.

Os atletas Kayo Santos e Gabriella Mantena são beneficiados pelo projeto “Olímpico de Judô-Minas Tênis Clube, processo nº 58000.009434/2018-92", através da Lei de Incentivo ao Esporte.

Dentre outros reforços da equipe principal estão Gabriel Granja (81kg), Emily Mare (70kg) e Tainná Mota (48kg). No Sub-18, as novidades são as atletas Laura Viana (70kg), Brenda Sarto (57kg) e Ana Cristina Bolivar (52kg). Para o Sub-15, chega Anne Yasmin Prado (42kg).

A Diretoria de Judô do MTC segue avaliando outros atletas. Novos reforços poderão ser apresentados até 19 de fevereiro, data limite para a inscrição de atletas, considerando o fechamento da janela de transferências da Confederação Brasileira de Judô (CBJ).