Amanda Ribas: de atleta do judô de Varginha, Minas Gerais, para o mundo!

Hoje, atleta do UFC

Amanda Ribas: de atleta do judô de Varginha, Minas Gerais, para o mundo!
10/08/2020 - Destaque do UFC (Ultimate Fighting Championship), Amanda Ribas é filha de Marcelo Ribas (faixa preta 5º grau de jiu-jitsu e grão mestre em muay thai), que atualmente também exerce a função de técnico da atleta.
 
Amanda começou no judô, em Varginha, e foi discípula de Lucas Corrêa Reis, uma referência na prática desse esporte em Minas Gerais.

Os ensinamentos de Corrêa são tão bem aproveitados que, na maioria das lutas, ela aplica golpes de judô para derrubar as adversárias e levar a luta para o chão, um dos pontos fortes da atleta de Varginha.

Minas Gerais tem orgulho da filha

Amanda Ribas: de atleta do judô de Varginha, Minas Gerais, para o mundo!
Mas, para chegar nesse patamar e manter o alto nível, Amanda tem muito trabalho, perseverança e conta com a dedicação dos técnicos. Cotidianamente, chega a treinar três vezes ao dia para atingir o topo de um atleta de alto rendimento.

São treinos físicos (corrida, musculação, alongamento e fisioterapia), técnicas de luta, tanto para a defesa, quanto para o ataque, e até psicologia do esporte para preparar a mente da atleta para vitórias, derrotas e a lidar com o sucesso perante a mídia e a vida pessoal.

Amanda e o professor Lucas

Amanda Ribas: de atleta do judô de Varginha, Minas Gerais, para o mundo!
Em entrevista, o professor e primeiro vice-presidente da Federação Mineira de Judô (FMJ), Lucas Corrêa Reis,  fala com orgulho da jovem campeã.
 
A lutadora do UFC, Amanda Ribas, vem a cada luta se destacando e mostrando muita técnica, humildade e carisma. Judoca desde os dez anos, Amanda representa a evolução do judô mineiro e a escola de judô de Varginha, onde ela se destacava pela facilidade de aprendizado e competitividade.”
 
“Sua notável atuação nas competições de base foi determinante para integrar, posteriormente, a equipe do Minas Tênis Clube (MTC), onde colecionou títulos importantes, chegando a disputar duas seletivas olímpicas.”
 
A migração de Amanda para o MMA Fighting foi motivada pela família, principalmente pelo pai e técnico, Marcelo Ribas, que sempre acreditou que seria possível chegar no UFC.
 
Dotada de técnicas do judô, jiu-jitsu e muay thai extremamente eficientes, Amanda é considerada pela crítica especializada como uma atleta completa. Acreditamos na conquista do cinturão!”, arrematou Lucas .

A Federação Mineira de Judô (FMJ) agradece e parabeniza a judoca mineira, Amanda Ribas, pelos anos que representou a entidade e por levar aos quatro cantos do mundo o judô como um dos fatores para o seu sucesso.

O meu ponto forte é o coração

Confira algumas técnicas de judô aplicadas pela Amanda em suas lutas no UFC.

1ª luta: Ribas vs Whitmire - finalização com hadaka jime ou mata-leão;

2ª luta: Ribas vs Mackenzie - projeção com harai goshi e uchi mata;

3ª luta: Ribas vs Markos - projeção com kosoto gake ou abraço de urso;

4ª luta: Ribas vs Vanzant - projeção com harai goshi, imobilização de hon kesa gatame e finalização com juji gatame.


A finalização de Amanda

A brasileira e mineira Amanda Ribas deu mais um show no octógono: finalizou Paige Vanzant no primeiro round do UFC251 e completou a quarta vitória consecutiva.

Entrevista com os irmãos Ribas

Seguindo a proposta de conteúdo digital, os técnicos de judô Lucas Correa Reis e Rodrigo Marcondes bateram um papo com os ex-atletas do CRES Varginha, Amanda Ribas e Arthur Ribas.

Escola de judô de Varginha

Amanda Ribas: de atleta do judô de Varginha, Minas Gerais, para o mundo!
Não é de hoje, que o judô de Varginha se destaca na modalidade. A qualidade e quantidade de judocas com títulos estaduais, nacionais e internacionais, comprovam a excelência do trabalho.

Provindos do interior do estado, especificamente do sul de Minas, numa cidade de 130 mil habitantes, mesmo em instalações humildes e com pouco recurso, judocas de várias classes vem, ao longo de 17 anos, participando das principais competições do cenário nacional e internacional.

Com o intuito de formar atletas de alto rendimento, a equipe técnica se preocupa com a qualidade dos treinamentos que inclui habilidades básicas fundamentais, exercícios técnicos específicos, treinamentos físico e tático.

Quando um pai matricula um filho, cabe a nós toda a confiança. Temos o dever de dar-lhe um norte de forma ética. A Prefeitura Municipal de Varginha é a maior incentivadora e apoiadora, desde a iniciação, até as equipes competitivas. Mas, parcerias são importantes. Competir não é barato! O pacote completo para participar de um evento, na maioria das vezes, não cabe no bolso! Mas, não podemos parar. Cabe ao gestor, ao técnico e ao professor buscar alternativas através da iniciativa privada (doação, patrocínio ) ou de políticas públicas (leis de incentivo governamentais)”, pontua o professor Lucas Corrêa.

Lucas considera Varginha um celeiro de atletas, pois sempre exporta judocas para o Minas Tênis Clube (MTC) continuar o trabalho de forma esplêndida e elevar ainda mais o rendimento dos atletas; muitos deles, chegando ao nível profissional, como é o caso de Amanda Ribas. Mais detalhes abaixo, em PDF.