Assédio e Abuso no Esporte

COB lança curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte

COB lança curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte.
16/03/2020 - O Comitê Olímpico do Brasil (COB) lançou o Curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte (PEAAE). 

O objetivo é de difundir o tema e contribuir para a cultura de prevenção, enfrentamento e adoção de boas práticas no esporte.

O curso é gratuito e obrigatório para candidatos à faixa preta e graus superiores da Federação Mineira de Judô (FMJ), neste 2020, e vai contar pontos para o currículo do judoca.

Clique no link abaixo para fazer sua inscrição. 

Conhecimento como aliado

COB lança curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte.
Desenvolvido pelo Instituto Olímpico Brasileiro (IOB), área de Educação do COB, a iniciativa pretende mostrar como o assédio e o abuso podem se manifestar no meio esportivo, de que forma reconhecer seus sinais e como as organizações podem enfrentar essas práticas, informando sobre as ações de prevenção, denúncia, enfrentamento e acolhimento às vítimas.
 
Os principais temas do curso
 
O curso vai capacitar cerca de 7.500 profissionais do esporte, tem seu conteúdo organizado em quatro temas principais: “O que é assédio e abuso?” – definições e categorias; “Reconhecendo os sinais.” – como identificar casos de assédio e abuso; “Conhecendo o seu papel” – reconhecer, denunciar e prevenir; e “O que as organizações esportivas podem fazer.” – como atuar na prevenção do assédio e abuso no esporte. As delegações participantes dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 terão até junho para concluir o curso.

Curso a distância (EAD)

COB lança curso de Prevenção e Enfrentamento do Assédio e Abuso no Esporte.
Inspirado no curso Safeguarding Athletes from Harassment and Abuse do Comitê Olímpico Internacional (COI); na Política de Prevenção e enfrentamento ao Assédio Moral e Sexual do COB; e no trabalho da Organização das Nações Unidas – ONU Mulheres, além do seu Programa Uma Vitória Leva à Outra, o PEAAE é oferecido na modalidade de ensino a distância (EAD), a partir de videoaulas, conteúdo teórico, reflexões, avaliações objetivas e acesso a documentos de apoio. 

A proposta do PEAAE é apresentar informações, conceitos e ferramentas para que atletas, treinadores e treinadoras ou membros de uma organização esportiva possam identificar e enfrentar práticas de assédio e abuso.
 
O PEAAE é oferecido em duas versões: adulta, para atletas, treinadores, membros de uma organização esportiva e todos os agentes envolvidos no esporte olímpico; e jovem, para atletas de 12 a 17 anos. As inscrições da versão adulta podem ser feitas a partir de 13 de março. Em breve, também estarão abertas as vagas para os atletas jovens.
 
Quando a Política de Prevenção e Enfrentamento ao Assédio Moral e Sexual e Abuso Sexual foi criada, o COB reforçou o compromisso em garantir um ambiente saudável, de acolhimento, de orientação, proteção e prevenção, e pôs à disposição dos atletas e agentes envolvidos no esporte olímpico um canal aberto para denúncias de casos de assédio e de abuso moral e sexual. 

Essa política vale tanto para integrantes do Time Brasil em competições nacionais e internacionais, quanto para funcionários e membros dos poderes do COB, prestadores de serviço e voluntários.

Sobre o curso

O objetivo de difundir amplamente o tema do assédio e abuso no esporte, contribuindo para a cultura de prevenção, enfrentamento e adoção de boas práticas, conforme a legislação vigente.
 
A programação do curso está estruturada na modalidade de ensino a distância (EAD), a partir de videoaulas, conteúdo teórico, reflexões, avaliações objetivas e acesso a documentos de apoio. Dessa forma, a intenção do curso PEAAE é apresentar informações, conceitos e ferramentas para que atletas, treinadores e treinadoras ou membros de uma organização esportiva possam identificá-las e enfrentá-las.

Carga horária: 30 horas; modalidades atendidas: todas; nível: básico; formato: à Distância; curso obrigatório para todas as pessoas que se relacionam com o COB, integrantes do Time Brasil em competições nacionais e internacionais, funcionários e membros dos poderes do COB, prestadores de serviço e voluntários; Informativo.